AMAR O PRÓXIMO
COMO A SÍ MESMO
Quebre a barreira do mínimo, há muito trabalho, erga as asas da sabedoria e do amor para ajudar nossos irmãos e irmãs que tanto precisam.
         Reiki é um tratamento que utiliza uma técnica de imposição das mãos. Atua com resultados concretos na ansiedade, stress, depressão, insonia, medo, insegurança, assim como nos órgãos, tecidos e sistemas. O Reiki é preventivo e harmonizador, agindo sempre na causa dos problemas.
INTRODUÇÃO AO REIKI
A HISTÓRIA DO REIKI
NÍVEIS DO REIKI
PRINCÍPIOS DO REIKI
YANTRAS DO REIKI
APLICAÇÃO DE REIKI
TÉCNICAS DE REIKI
ENERGIA VIBRACIONAL
CORPOS SUTIS/CHAKRAS
MEDITAÇÃO
MANTRA
MUDRÁS
KUNDALINI
PRANAYAMA
 
  TÉCNICAS

As técnicas que o Sensei Usui ensinava a seus alunos conhecidas como técnicas de “Reiki Tradicional Japonês” ou “Dentho-Reiki-Ryoho”, são encontradas no manual denominado “Reiki Ryoho Hikkei”.

Este manual, que o distribuía a seus alunos, foi escrito a mais de 75 anos. Podemos destacar as seguintes técnicas de Reiki Tradicional Japonês, ensinadas pelo Sensei Usui.

Para a aplicação do Reiki, três técnicas denominadas “Os três pilares do Reiki” são fundamentais, segundo o Sensei Usui:

Gassho que é uma meditação cuja finalidade é esvaziar e acalmar a nossa mente “deixar o canal livre”, fortalecendo nossa conexão com a energia Reiki.

Reiji-Ho que é uma oração para trazer a energia Reiki para dentro de nós.

Chiryo que caracteriza a própria sessão.

 

AS 21 TÉCNICAS ENSINADAS POR MIKAO USUI

1- KENYOKU

Kenyoku significa “lavagem ou banho seco”, a pronúncia correta é “queniocú”. Também conhecida como Saikai-Mokuiuku. Ensinada no Shoden. Serve para retirar qualquer energia negativa, estagnada, absorvida em uma sessão de Reiki ou no dia-a-dia, e para nos desconectar do receptor. Pode ser utilizada antes e após a aplicação.
Muitos reikianos evitam aplicar Reiki em pessoas que consideram muito negativas. Estas pessoas acabam funcionando como verdadeiras fornecedoras de “vacinas”. A negatividade que adere à aura do reikiano acaba estimulando a sua defesa natural e, com o tempo, o terapeuta fica cada vez mais resistente.

Após uma rápida meditação Gassho, ficar em pé, com as plantas dos pés tocando bem o chão, corpo bem relaxado e as pernas um pouco afastadas, numa distância equivalente à largura dos ombros;

  1. Tocar com a mão direita o ombro esquerdo, em seguida deslizar com a mão obliquamente, como se estivesse desenhando uma faixa, na direção do quadril direito;
  2. Tocar com a mão esquerda o ombro direito, deslizando em direção ao quadril esquerdo;
  3. Repetir o processo “b” mais uma vez;
  4. Tocar novamente com a mão direita o ombro esquerdo, ou o meio do antebraço, deslizando rapidamente pela lateral externa, para baixo, passando a mão esquerda pelo pulso em direção a ponta dos dedos, que devem estar esticados.
  5. Fazer o mesmo com a mão esquerda, deslizando-a rapidamente para baixo até as pontas dos dedos;
  6. Agradecer em prece.

2- JOSHIN-KOKYUU-HO

Joshin significa “parte superior do corpo”, Kokyuu significa “respiração e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “diochímcoquiorrô”. Ensinada no Shoden. Proporciona auto-limpeza e purificação do corpo áurico. Serve também para energizar, acalmar os pensamentos(mente) e purificar o organismo. Purifica a circulação sangüínea e aumenta a vitalidade magnética do corpo.

  1. Sente-se confortavelmente, lentamente desça as mãos ao colo, pousando-as relaxadamente com as palmas (em concha), viradas para cima. Procure trazer bons pensamentos à mente. Inspire calma e profundamente pelo nariz (local de absorção), visualizando a entrada de energia, na cor branca pelo Chakra Coronário;
  2. Leve a mente até o Tanden (próximo ao Chakra Umbilical, aproximadamente 3 a 5cm abaixo do umbigo) e ouça sua própria respiração. Retenha a energia, segurando a respiração. Não há um tempo específico para manter a retenção, 3 ou 4 seg. é tempo suficiente. Sinta que a energia expande-se e irradia-se para todos os órgãos, para cada célula do corpo;
  3. Ao expirar (pela boca, de preferência), imagine estar liberando o ar também pelos chakras das mãos, pontas dos dedos e chakras dos pés.
    • É importante mentalizar que o ar inspirado pelas narinas vai até o Tanden e que, em seguida, a energia se expande, saindo pela boca e extremidades dos pés e das mãos, vitalizando e limpando o corpo para que nos tornemos um canal limpo de energia Reiki.
    Tempo ideal: 10min.

3- GASSHO

Gassho significa “duas mãos se juntando, unidas ou em prece”. A pronúncia correta é “gáshô”. Ensinada no Shoden. É colocar-se num estado receptivo para ouvir o Criador, promovendo um centramento, levando-nos em direção ao vazio.

  1. Sente-se o mais ereto possível, é bom apoiar as costas e relaxar os ombros, feche os olhos e respire profundamente três vezes;
  2. Mantenha as mãos relaxadas e unidas em frente ao peito ou garganta, com os dedos direcionados para cima;
  3. Focalize a atenção no ponto onde os dedos médios se tocam. A concentração no toque dos dedos ajudará a manter o tônus da meditação Gassho, sem grandes devaneios;
  4. Quando sentir um bom nível de tranqüilidade mental, repita pausadamente, refletindo suas palavras, os cinco princípios do Reiki (Gokai).

A razão de manter as mão junto ao Chakra Laríngeo é a de que este representa o início da comunicação com o mundo espiritual, responsável pelos “insights” do reikiano ao longo da sessão. Quem preferir realizar a técnica à altura do Chakra Cardíaco deve entender a importância desse chakra. Centrar-se no Chakra Cardíaco significa abrir-se para o Amor Incondicional. O Chakra Cardíaco além de ser o mais sagrado é o mais significativo para o Reiki, é a “fábrica do Reiki”, é o centro de equilíbrio dos sete chakras principais de nosso corpo.
Tempo médio: 15 a 30 min.

4- REIJI-HO

Reiji significa “indicação do espírito ou intuição” e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “leidjirrô”. Ensinada no Shoden. Representa a segunda etapa de um tratamento de Reiki. É preparar-se para uma aplicação de Reiki através de uma oração sincera. É um alimento para o espírito e ativa a nossa intuição. Nos ensina que devemos fazer a nossa parte e entregar a Deus o restante. Com esta técnica permitimos que o “Poder Superior” guie, por intuição, nossas mãos para agir onde for necessário.

  1. Deixe seus afazeres por alguns minutos. Isto fará com que se torne espiritualmente receptivo. Neste período, em silêncio, faça uma meditação Gassho, por um minuto, em pé ou sentado se preferir, com as mãos em forma de prece, em frente ao coração, objetivando esvaziar sua mente. É no subconsciente que nossa vida se encontra, em grande parte, governada. Se você deixar cair nele uma prece no momento em que está assim de repouso, ela produzirá um efeito extraordinário. Relaxe e aprofunde-se;
  2. Peça a seu receptor que faça também uma oração;
  3. Faça uma prece para o receptor, pedindo por sua recuperação. A oração deve ser simples, direta, espontânea, compreendida, acreditada, curta, consciente, inteligente, definida e positiva. Peça proteção e visualize você e o cliente envoltos em luz;
  4. Quando sentir a conexão, agradeça a energia Reiki, pedindo que flua livremente através de você, como canal de aplicação, coloque as mãos em frente ou pouco acima do chakra frontal. Faça uma invocação. Invoque a “Sabedoria Infinita” para que o oriente na melhor maneira de usar o Reiki. Peça que o Poder Superior, através da energia do Reiki, o utilize como canal, guie suas mãos aos locais mais debilitados;
  5. Inicie a aplicação de Reiki no receptor, permanecendo o mais receptivo e relaxado possível. Fique atento à experiências e “insights”, tendo como finalidade aperfeiçoar sempre o tratamento.

5- HATSUREI-HO

Hatsurei-Ho significa “emanar a Energia Universal”. A pronúncia correta é “ratsuleirrô”. É um conjunto de técnicas que busca alcançar a auto purificação e elevar o padrão vibratório do reikiano. Ensinada no Okuden. É o conjunto das técnicas: Kenyoku, Joshin-Kokyuu-Ho, Gassho e Reiji-Ho.

  1. Sentado ou em pé em uma posição confortável;
  2. Faça a técnica de limpeza Kenyoku;
  3. Busque a postura que mais lhe convenha. É importante fechar os olhos levemente e se concentrar no Tanden. As mãos devem ser colocadas no regaço, com as palmas para cima;
  4. A etapa subseqüente visa purificar o corpo e a mente através do Joshin-Kokyuu-Ho. Esta técnica visa também a conexão com a energia Reiki. Colocando as mãos em frente ao corpo (pode levantar um pouco as mãos), é possível sentir o fluxo da energia Reiki vibrando no interior do corpo;
  5. Faça uma meditação Gassho;
  6. Depois da meditação, pratique Reiji-Ho, uma oração silenciosa pedindo ao Poder Superior para Trabalhar com a energia divina;
  7. Ainda com as mãos em prece, leve sua consciência para a região Tanden. Imagine que a energia que ficou concentrada na região Tanden está saindo fortalecida a partir da ponta dos dedos de ambas as mãos. Esta prática de concentração mental desenvolve o poder intuitivo e a receptividade. É como se a respiração estivesse sendo feita nas palmas das mãos. Esta técnica eleva muito a consciência;
  8. Conclua com uma oração silenciosa de agradecimento para finalizar o processo (Mokunen). Terminada a oração leve as mãos ao regaço e abra os olhos.

6- HESSO-CHIRYO-HO

Hesso significa “umbigo”, Chiryo significa “tratamento” e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “ressôchiliôrrô”. É a técnica de aplicação de Reiki pelo umbigo.

  1. Coloque o dedo médio de sua mão dominante dentro do umbigo, pressionando-o levemente por alguns minutos até sentir a pulsação, relaxamento e equilíbrio. É importante que a pressão seja suave;
  2. Para ajudar a concentrar-se, feche os olhos e sinta a energia Reiki saindo pelo dedo médio e se espalhando por todo o corpo. Permanecendo no mínimo 3 min. nessa posição.
    Esta técnica é usada principalmente para relaxamento e auto aplicação.
    Uma forma alternativa é colocar a mão a cerca de 5cm acima do umbigo, focalizando a emissão do Reiki para dentro do corpo.

7- BYOSEN-REIKAN-HO

Byo significa “enfermidade ou doença”, Sen significa “linha desenhada, Reikan significa “sensação” e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “biozenreicanrrô”. Ensinada no Shoden. Poderia ser traduzida como “sentir a linha da doença” ou se quiser utilizar uma linguagem mais moderna, “escaneamento”. Baseia-se na intenção para detectar as áreas em que o receptor esteja precisando de energia Reiki.

  1. Coloque a mão não-dominante a uma distância de uns 30cm do chakra coronário do receptor, transferindo sua consciência para a sua mão, em seguida, aproxime-se até cerca de 8 a 10cm da pele, região onde a aura é mais densa (comparada às camadas mais sutis);
  2. Movimente a mão, lentamente, corpo abaixo, em direção aos pés. Procure manter uma distância da pele do receptor de 5 a 30cm, percebendo a energia do mesmo, além de seu corpo. Mantenha um estado mais receptível possível para as impressões que você possa captar. Em todo o percurso, sinta as mudanças, perceba os bloqueios. Uma vez determinado onde se encontravam, as “variações” ou “mudanças e diferenças” registradas pela sensibilidade da mão, você terá indicadores para direcionar com mais intensidade sua atenção. Havendo alguma mudança, é nessa área que a pessoa estará precisando de mais energia;
  3. Completada a avaliação da cabeça aos pés, volte a posição inicial, no topo da cabeça, para mais um ciclo de um total de três. Três avaliações permitirão a você associar idéias importantes. Caso não perceba grandes bloqueios não há necessidade de pedir à pessoa para virar de costas;
  4. Canalize a energia nos pontos indicados até sentir que o fluxo energético diminui de intensidade. Descubra quais são suas prioridades e diga não ao resto. É conveniente fazer um novo escaneamento para verificar se o tratamento está completo. É provável que você encontre uma ou mais áreas não detectadas no primeiro escaneamento. Caso isso ocorra, aplique Reiki no local, até harmonizar o fluxo energético. A técnica Byosen-Reikan-Ho é muito eficaz para evitar a reincidência de doenças, pela eliminação de sua contra-parte etérica;
  5. Pode ser usada também como auto-aplicação.

8- KOKI-HO

Koki significa “soprar” e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “coquirrô”. Ensinada no Shoden. Esta técnica utiliza-se preferencialmente do ar fresco e da respiração em conjunto com o símbolo Choku-Rei. Seu efeito é refrigerante, calmante, funciona como um poderoso recurso de dispersão. Uma camada fluídica nociva sempre fica agregada à áreas problemáticas do corpo. Sua retirada facilita a ação das energias benéficas transmitidas pelo reikiano. Recomenda-se Koki-Ho em casos de dores em geral.

  1. Inspire o ar fresco pelo nariz. Pelas narinas filtramos, aquecemos e umidificamos o ar. Os nadis de absorção de Prana, estão conectados às narinas;
  2. Imagine o ar inspirado entrando pelo Chakra Coronário descendo para o abdômen até o Tanden (três dedos abaixo do umbigo). Prenda a respiração e no céu da boca, desenhe o símbolo Choku-Rei ou qualquer outro símbolo que sua intuição indicar que seja necessário à aplicação, mentalizando o mantra três vezes;
  3. Com os lábios posicionados como se estivesse assobiando, assopre com rapidez e vigor sobre a parte que deseja atuar, como se fosse para apagar uma vela à distância, imaginando que o símbolo está sendo expirado no local tratado;
  4. Repita o processo quantas vezes achar necessário, lembre-se sempre que essa técnica é poderosa. Pode ocorrer o aquecimento da respiração, a exemplo do que ocorre com as mãos.

O motivo de imaginarmos o ar penetrando pelo Chakra Coronário é que temos um “cordão espiritual” que nos liga ao “Eu Superior”. Conhecido como “pilar de luz” na Cabala e como “antakarana” em sânscrito, que quer dizer “ponte espiritual de luz”, por onde penetra a Energia Universal utilizada no Reiki. Essa energia sofre o adensamento no Chakra Cardíaco, o que permite sua utilização em tratamentos.
A técnica Koki-Ho deve ser executada a uma distância entre 30cm e 1m do receptor, podemos reduzir a distância em regiões mais acessíveis como os olhos, cabeça, dedos e braços, por exemplo. Neste caso as expirações devem ser mais curtas e sucessivas, como se estivéssemos limpando a lente de um óculos.
A técnica Koki-Ho é recomendada, com grande eficácia, em receptores que tenham alguma manifestação mediúnica durante a sessão de Reiki, e demorem a sair do estado de torpor em que muitos ficam após tal ocorrência. Nestes casos, devemos levantar os braços, afastar ligeiramente as pernas e “vestir” o ideograma central (Koo) do símbolo Dai Koo Myo, que significa Hikari ou Luz. Visualizamos os ideogramas do Sol e da Lua (Myo), cada um sob nossos pés e o ideograma superior (Dai) sobre nossa cabeça. neste momento. Inspiramos e retemos o ar rapidamente nos pulmões. O sopro é direcionado, com bastante vivacidade, ao Chakra Frontal do receptor, entre os olhos, ou a um dos ouvidos, onde há um chakra que leva à glândula pineal (espiritual), devemos tomar cuidado para que o receptor não venha a desequilibrar-se e cair.
Com a técnica Koki-Ho retiramos provisoriamente o obsessor, porém é necessário que tanto obsessor como o obsediado sejam doutrinados. A técnica Koki-Ho pode ser utilizada à distância, em fotografias, após traçar o símbolo Hon-Sha-Ze-Sho-Nen. Neste caso tratamos o corpo todo com um só sopro.
Não é recomendável utilizar essa técnica em pessoas portadoras de tuberculose avançada. O cliente poderá não suportar a crise de catarse inicial.

9- GYOSHI-HO

Gyoshi significa “fixar o olhar” e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “guioshirrô”. Ensinada no Shoden. Permite aplicar Reiki com os olhos.

  1. Afaste, delicadamente, como na meditação Gassho, quaisquer pensamentos que surgirem em sua mente. Deixe-a desocupada para que o processo flua adequadamente. Utilize o Reiji-Ho e o escaneamento Byosen ou mesmo a informação da queixa do receptor. Também pode deixar que sua intuição decida para onde deve enviar a energia Reiki.
  2. Olhe para área receptora. Entretanto é necessário aprender a “olhar”. É preciso manter os olhos relaxados, não buscando focalizar a imagem, nem concentrar o foco visual ou olhar fixamente. Na verdade é como se não olhasse concretamente para a pessoa. Simplesmente direcione o olhar à área a ser trabalhada “deixe a imagem vir até você”. É um olhar “desfocado”, leve e suave utilizando a visão periférica.

Assim como na técnica Koki-Ho o olhar pode ser direcionado para a coluna vertebral, podendo combinar o sopro como olhar, enquanto o reikiano move os dedos para baixo ao longo da coluna, mantendo-a entre os dedos, usa o sopro e a visão para acompanhar a aplicação. O processo deve ser repetido três vezes. Proteja-se antes de aplicar essa técnica.

10- BUSHU-CHIRYO-HO ou NADETE-CHIRYO-HO

Bushu significa “acariciar com as mãos”, Chiryo significa “tratamento e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “buchúchiliorrô”. Nadete significa “massagear”. Ensinado no Okuden. Estimula a região da aplicação, através da fricção ou massagem com as mãos.

É utilizada principalmente na parte superior e inferior das omoplatas, costas e ambos os lados da coluna, nos braços (dos ombros até às pontas dos dedos) e do quadril para os dedos dos pés, podendo ser utilizada em outra região debilitada como um joelho. Nas costas o movimento deve ser vertical e nunca de baixo para cima (sentido pernas para cabeça).
O toque carinhoso com massagem trás alívio, conforto e libera a tensão pela descontração dos nervos e músculos que estão impedindo o fluxo de energia, espalhando um bem estar por todo o corpo.

11- UCHIDE-CHIRYO-HO ou DASHU-CHIRYO-HO

Uchide significa “bater com a mão”, Chiryo significa “tratamento” e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “itídêtiriorrô”. Da significa “bater” e Shu significa “mão”. Ensinada no Okuden. É uma técnica de tratamento por percussão, estimula a superfície das partes paralisadas ou adormecidas, “acordando” as células, tornando-as mais receptivas e permitindo uma absorção melhor da energia Reiki. É muito utilizada em músculos atrofiados e entorpecidos. Há duas técnicas de Uchide-Chiryo-Ho.

Numa delas bate-se com as mãos em concha. Na outra, as mãos em punho dão “marteladas”, mais comumente na região glútea e no quadril. No Japão eles batem nos braços e nas costas com ambas as mãos, fortemente, mas não a ponto de machucar ou gerar dor, imaginando que o Reiki penetra profundamente com as batidas.

O Sensei Usui costumava, ao final de uma sessão ou de um transbordamento emocional do cliente (choro, lágrimas), bater, levemente, com afeição, duas ou três vezes nas costas, ombros ou parte posterior da cabeça, para estimular a saída da situação de disfunção, pensando ou falando em voz audível: “Agora está tudo bem” ou “Não tenha mais preocupações”.
Não se recomenda aplicar essa técnica em pessoas que apresentam osteoporose, hemorragia, fraturas de costelas, áreas dolorosas.

12- OSHITE-CHIRYO-HO

Oshi significa “empurrar”, Te significa “dedo”, Chiryo significa “tratamento” e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “ochitêchiliorrô”. Também conhecida como Oushu-Chiryo-Ho. Ou significa “empurrar” e Shu significa “mão”. Ensinada no Okuden. Aplica-se Reiki pressionando a parte enferma com a ponta dos dedos das mãos. É usada principalmente em regiões de estagnação de energia ou dor física, provocando a dispersão da dor. Podemos usar ligeiramente o peso de nosso corpo para evitar fazer força, cuidando sempre para não gerar dor no cliente em nenhum momento. Procura-se visualizar a saída do Reiki pelas extremidades.

O Sensei Usui, em casos de deficiência de fluxo energético, recomendava a utilização de um “mudra” para tonificar e energizar. Ele ensinava seus alunos a captarem a energia com uma das mãos, com todos os dedos juntos apontados para cima, e a emitir com a outra para manter a energia mais “fluídica” (densa). A mão emissora mantinha a posição de um poderoso “mudra”, com os dedos anelar, médio e polegar unidos e o indicador e o mínimo esticados, mantendo um ângulo reto com os outros, tornando a energia mais forte e dirigida, como se fosse um “lazer” direcionando a energia a uma região problemática do receptor.

• Cada um dos cinco dedos está afeto a um dos cinco elementos da natureza, a um dos sete chakras e, tem condição de canalizar, através dos pequenos chakras das extremidades, energia correlatas a esses elementos. Conforme o esquema abaixo:

Polegar Indicador Médio  Anelar Mínimo
Fogo Ar Éter Terra Água
Plexo-solar Cardíaco Frontal Básico Umbilical

13- TANDEN-CHIRYO-HO ou GEDOKU-CHIRYO-HO

Tanden significa “abaixo do umbigo”, Chiryo significa “tratamento” e Ho significa “técnica. A pronúncia correta é “tandenchilíorrô”. Também conhecida como Gedoku-Chiryo-Ho a pronúncia correta é “guedocúchiliorrô”. Gedoku significa “veneno ou toxina”. Ensinada no Shoden. É uma técnica para desintoxicar através do ponto Tanden.

  1. Devemos começar com uma variação do Nentatsu, durante 1 ou 2min, para desintoxicação, feita com uma das mãos no Chakra Frontal e outra no ponto Tanden;
  2. Pedimos mentalmente neste estágio, que as toxinas sejam repelidas do corpo pela energia Reiki;
  3. Em seguida a mão que está Chakra Frontal é retirada e colocada no dorso (costas) ou sobre a outra, na altura do ponto Tanden, por um período de 10 a 30min.
    • Esta técnica é eficaz nos casos de intoxicação medicamentosa, alimentar ou doenças da pele.

14- CHIRYO

Chiryo, terceiro pilar do Reiki, significa “tratamento”. A pronúncia correta é “chiliô”. Ensinado no Shoden.

  1. Certifique-se de que telefones e celulares não podem ser ouvidos. Para evitar a impaciência, não trabalhe com fome e com sede. Não esqueça de relaxar e descontrair bastante antes de qualquer atendimento. Procure tornar-se uno com a energia Reiki;
  2. O ideal é aplicar Reiki (Chiryo) após meditar (Gassho) e orar (Reiji-Ho). Não podemos chegar às grandes realizações se não conquistarmos as pequenas.
    • Preste atenção no fluxo da energia, é possível “ ouvir” suas mãos “ligarem” e “desligarem”. Evite o Reiki mecânico de olho nos ponteiros do relógio.

15- KETSUEKI-KOKAN-HO

Ketsueki-Kokan significa “troca de sangue” e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “quetsuequicocanrrô”. Ensinada no Shoden. É uma técnica para estimular a renovação do sangue, isto é, a purificação da energia do sangue do receptor ou melhora da qualidade do sangue (não significa transfusão de sangue).

Deve ser aplicada continuamente, por um período de duas semanas a três meses. Produz efeitos antitumorais, controle de infecções, funções imunoreguladoras e controle do crescimento e diferenciação das células tronco, através do estímulo da produção de células NK (Natural Killer).

• Existem duas formas dessa técnica:

15/1- ZENSHIN-KETSUEKI-KOKAN-HO

Zen significa “total” ou “integral”, Shin significa “corpo”, Ketsueki-Kokan significa “troca de sangue” e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “zenchimquetsuekicocanrrô”. Esta sessão deve durar aproximadamente 30min, sendo muito eficaz para pessoas idosas e debilitadas, doentes impossibilitados de sair da cama.

  1. Aplique Reiki em quatro regiões da cabeça: têmporas, posterior, medula e topo. Em seguida aplicar acima dos pulmões, coração, estômago e intestinos;
  2. “Varra” dos ombros até a ponta dos dedos das mãos, várias vezes, partindo do ombro para as pontas das mãos, em ambos os lados;
  3. “Varra” do quadril até a ponta dos pés, algumas vezes, com as mãos partindo das coxas para os pés, em ambos os lados.

15/2- HANSHIN-KETSUEKI-KOKAN-HO

Han significa “metade”, Shin significa “corpo”, Ketsueki-Kokan significa “troca de sangue” e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “ranchimquetsuekicocanrrô”. É outra técnica para estimular a renovação do sangue do receptor ou melhorar a qualidade de seu sangue. Essa sessão deve ser feita após o banho, sendo mais indicada para crianças.

  1. “Varra” as costas com as mãos, de cima para baixo, de 10 a 15 vezes, partindo da parte central para cada lado (esquerdo e direito), a técnica pode ser aplicada no receptor vestido ou sobre a pele. Você deverá repetir a ação de 10 a 15 vezes, sempre com a respiração contida;
  2. “Varra” a medula espinhal totalmente, da nuca para baixo, com a mão dominante, usando os dedos indicador e médio tocando as laterais da coluna, usando uma força intermediária. O movimento está entre “puxar” (de modo a não sentir dor) e “alisar”, deslizando sobre a coluna até abaixo da bacia, osso sacro, com os dedos tocando os lados da coluna. No final empurre os dedos sobre o corpo do receptor com força, mas de modo a não sentir dores.

16- SEIKAKU-KAIZEN-HO ou NENTATSU

Seikaku significa “caráter” , Kaizen significa “melhorar” e Ho significa “técnica. A pronúncia correta é “seicácucáizenrrô”, também conhecida por Nentatsu. Nen significa “pensamento” e Tatsu significa “atingir”. O Sensei Doi Hiroshi denomina esta técnica de Seiheki-Chiryo-Ho. Ensinada no Shoden. Esta técnica nos ajuda a desenvolver uma atitude positiva perante a mais difícil situação.

  1. Coloca-se uma mão no Chakra Frontal e a outra na nuca, enviando Reiki para o subconsciente;
  2. Devemos usar pensamentos para enviar mensagens silenciosas ao subconsciente do receptor ou afirmações em voz alta visando nossa meta;
  3. Por ser uma técnica de transmissão de mensagens, recomenda-se sua aplicação sempre, em qualquer tipo de tratamento por 1 ou 2 minutos. Devemos fazer uso da intuição;
  4. Ao final da sessão, retiramos a mão do Chakra Frontal e aplicamos Reiki somente na parte superior da cabeça. nesse estágio final não deve ser transmitida nenhuma mensagem.

• Esta técnica pode ser aplicada em si mesmo e em outra pessoa. Ao aplicar em outra pessoa, tenha certeza de que a mensagem enviada é exatamente o que o receptor deseja. É melhor e mais eficiente transmitir mensagens curtas em diversas aplicações do que enviar uma mensagem longa.

17- SHUCHU-REIKI

Shuchu significa “concentrar”. É o Reiki em grupo. A pronúncia correta é “chutíuleiki”. Ensinado no Shoden. Esta técnica reduz o tempo da sessão, amplia a energia, criando uma onda de energia onde todos contribuem positivamente.

  1. Reúna dois ou mais reikianos;
  2. O receptor fica no centro do grupo apenas recebendo energia, relaxado, fazendo algumas respirações profundas;
  3. Os demais membros posicionam-se ao redor, cada um em uma determinada posição;
  4. Quando o líder mudar a posição, os demais também o fazem. O líder deverá consultar os demais, através do olhar ou sinais previamente combinados;
  5. Havendo mais pessoas que posições, os demais tocam os ombros dos que estão na frente, transferindo energia a eles.

18- RENZOKU-REIKI-HO

Renzoku significa “maratona”. A pronúncia correta é “renzocúleikirrô”. É uma técnica na qual cada reikiano, ou grupo de reikianos, fica responsável por um turno, num período prolongado de tratamento. Ocorre um revezamento para que o cliente não fique um minuto sequer sem Reiki. É recomendado em casos de acidentes, onde o acidentado necessita de uma grande quantidade de energia para se recuperar e até sobreviver, em casos mais graves.

19- REIKI-MAWASHI

Mawashi significa “círculo ou corrente”. A pronúncia correta é “mauáshi”. Ensinada no Shoden. Trata-se de uma prática de Reiki em grupo, segundo a qual é criada uma onda de energia em que todos são beneficiados. É uma técnica de auto-tratamento em grupo, na qual todos são doadores e todos são receptores.
• Pede-se que um toque o outro, um com as mãos sobre os ombros do outro e com um último fechando a corrente, objetivamos que a energia Reiki gerada por todos não fique em circuito aberto, para que todos aproveitem melhor a energia de todo o grupo. Quando nos reunimos para realizar essa prática, podemos mentalmente ligar pessoas ausentes que estejam enfermas, pois elas receberão à distância a energia gerada pelo grupo.

20- ENKAKU-CHIRYO

Enkaku significa “distância” e Chiryo significa “tratamento”. A pronúncia correta é “encacúchiliô”. Ensinada no Shoden. Também conhecida como Sashin-Chiryo. Sashin significa “fotografia”. Consiste em enviar Reiki à distância utilizando-se apenas o nome ou a foto do receptor, formando uma “ponte de luz” que atinge em cheio, um ponto previamente determinado.

  1. Utiliza-se uma foto ou um papel com o nome do receptor e outros dados necessários (o maior n? possível de informações sobre a pessoa);
  2. Coloca-se em seguida, a foto ou papel na mão e desenha-se, acima, o símbolo Hon-Sha-Ze-Sho-Nen seguido pelo símbolo Sei-He-Ki;
  3. Antes de desenhar o símbolo Choku-Rei afirme três vezes que a energia seguirá para a pessoa em questão. Não esqueça de repetir os mantras três vezes.

21- JAKI-KIRI-JHOKA-HO

Jaki significa “energia negativa do corpo”, Kiri significa “cortar”, Jhoka significa “limpeza” e Ho significa “técnica”. A pronúncia correta é “diáquiquílidiôcarrô”. Ensinada no Shoden. É usada para retirar a energia negativa ou miasmas, cortar ondas negativas fixadas à muito tempo, purificar ou harmonizar algo.

  1. Faça uma meditação Gassho por alguns momentos, seguida de uma oração Reiji-Ho;
  2. Pegue o objeto que irá tratar, purificar. Se for pequeno coloque-o em uma das palmas das mãos. Se for grande fique de pé à sua frente;
  3. Faça uma respiração profunda, concentre a energia no ponto Tanden e, enquanto segura a respiração, dê três golpes sobre o objeto de dentro para fora com movimentos rápidos, numa distância de 2 a 5cm acima do objeto. Só então solte o ar. O 3º golpe deve terminar em cima do objeto. Após isso energize-o aplicando Reiki, usando o símbolo Choku-Rei. Deste modo você estará neutralizando a energia negativa e substituindo-a pela energia Reiki.

• Esta técnica pode ser utilizada com objetos bem grandes como casas, bastando usar os símbolos Dai-Koo-Myo e Hon-Sha-Ze-Sho-Nen e imaginar que você está fazendo os cortes acima do objeto. Em seguida é preciso energizar o objeto com o Reiki à distância usando a técnica da redução.
• De acordo com Sensei Aoki, se você não prende a respiração ao longo dos 3 “cortes”, corre o rico de contaminar-se com a energia negativa que está transmutando.

OUTRAS TÉCNICAS
(As técnicas a seguir são uma mescla de diversos sistemas de Reiki)

1 - KOTODAMA

Kotodama significa literalmente "alma da palavra". A idéia básica é a de que a entoação de determinadas palavras nos transportam para um determinado estado de consciência. Esta prática transporta o homem para o seu estado natural, tal como nos mostra o Sei-Heki, através da cura com os mantras dos símbolos.
Diz-se que o Dr. Usui ensinava Kotodama no Nível II (Okuden) para potenciar as sessões de cura, criando-se hoje um grande enigma à volta desta prática. Ainda que não existam provas concretas da inclusão da mesma no Reiki Ryoho de Usui, decidimos experimentá-la e como a achamos de grande valia, não só no efeito harmonizador que provoca no receptor como no terapeuta, incluímo-la nos nossos cursos.
Pode-se incluir na prática Kotodama, as técnicas de cura com o olhar (Gyoshi-Ho) e de cura com a respiração (Koki-Ho), tendo sempre em atenção a não perturbação do relaxamento do receptor da energia.

2 - CHAKRA HEALING

Este é um método criado por Hiroshi Doi e é uma das técnicas ensinadas no seu sistema, Gendai Reiki-Ho.
Tem como objetivo o equilíbrio dos 7 chakras principais, através do desbloqueio de energia estagnada que impede a circulação da energia vital individual (Ki) no sistema energético do indivíduo.
Hiroshi Doi deu a esta técnica o nome de Chakra Healing que significa literalmente "Cura dos Chakras".
É um tratamento que se faz com o cliente sentado e a sua duração depende do trabalho do terapeuta, podendo ir desde 15 a 30 minutos ou mais.

3 - REIJU

Mikao Usui designou Reiju, ao processo de passagem do poder do Reiki. Esse processo foi sofrendo alterações ao longo do tempo e hoje existem tantos processos de iniciação quantas as escolas de Reiki existentes. Hoje também, o Reiki quer que o Reiju volte a ser conhecido e praticado, já que essa transmissão do poder (empowerment) do Reiki é na realidade um poderoso instrumento de cura e desenvolvimento energético.
O Reiju é um processo muito simples que não utiliza símbolos e talvez devido a essa simplicidade, a mente humana teve necessidade de o adaptar, em especial à mentalidade Ocidental.

UM POUCO DE HISTÓRIA

No tempo do Dr. Usui, os alunos recebiam Reiju no Nível Shoden; depois, reuniam-se com alguma freqüência, para praticar a Meditação Hatsurei-Ho e no enfiamento da mesma, o mestre dava Reiju aos alunos presentes.
Assim, os praticantes de Reiki recebiam Reiju diversas vezes e em espaços de tempo indefinidos; quando tivessem integrado os ensinamentos do Shoden, passavam a receber os ensinamentos do Okuden e recebiam mais Reiju, até receberem os ensinamentos do Shinpiden e mais Reiju. Em contraste, no Ocidente, adaptou-se um modelo onde são dadas quatro iniciações no Nível I, três no Nível II e uma ou duas no Nível III.
Deve-se contudo deixar claro que a adaptação do Reiju, por intermédio de Chujiro Hayashi e Hawayo Takata, foi engenhosa. Adicionando os símbolos ao processo, criaram uma estrutura para ajudar a mente humana a focalizar-se no processo de iniciação.
Assim, não se deve pensar no Reiju como "melhor" ou "pior" do que as "iniciações ocidentais"; muito menos como "mais" ou "menos poderoso"; são simplesmente processos diferentes.
O que se pretende deixar claro é que não é necessário passar a fazer Reiju em vez de outras iniciações, mas por exemplo, utilizar o Reiju para um Nível Shoden para que os alunos sintam a Energia pela primeira vez, ou para quando se recebe um Reikiano para fazer uma terapia, dar-lhe Reiju antes da terapia para fortalecer os seus canais energéticos ou quando se faz uma reunião com alunos e lhes pretendemos oferecer um "carinho" especial.
O Reiju com que nós trabalhamos e ensinamos, não é o original que Mikao Usui executava, mas resulta das observações do Mestre Hiroshi Doi (Nível Okuden da Gakkai, Shinpiden em outras escolas) na escola Usui Reiki Ryoho Gakkai, da qual é associado e onde já recebeu diversos Reiju. Hiroshi Doi desenvolveu o seu próprio Reiju e ensina-o no seu sistema Gendai Reiki-Ho.

GENDAI REIJU BÁSICO

O Gendai Reiju Básico pode ser executado por exemplo quando se está a fazer uma reunião de alunos ou mesmo antes de uma terapia a um reikiano. Para tal, faz-se a meditação Hatsurei-Ho e na fase da Respiração Joshin Kokyuu-Ho executa-se o Reiju.
Também, se estiver a ensinar um Nível Shoden, pode introduzir-se o Reiju a seguir a uma meditação guiada ou a uma técnica de relaxamento através de exercícios respiratórios. Se o Mestre intui usar o Reiju noutras situações, deve ouvir o seu coração e seguir a sua intuição.
O processo é rápido e simples. A velocidade com que o Sr. Hiroshi Doi o executa é impressionante. Tal advém do fato de na escola Gakkai, existirem pouco mais de meia dúzia de mestres habilitados a fazer o Reiju e os alunos elevarem-se a algumas centenas; e, na escola de Usui, todos recebem Reiju em todas as reuniões.

GENDAI AUTO REIJU

Sempre que quiser fazer a Meditação Hatsurei-Ho, pode fazer um auto Reiju e usufruir da cascata de energia proporcionada por este empowerment que tem tanto de simples como de poderoso.
Também o pode executar, por exemplo, na cama antes de dormir e de Gassho. Desta forma a energia Reiki atua no reikiano enquanto este repousa.

GENDAI REIJU FORTE

Esta é outra versão do Reiju criada por Hiroshi Doi. Segundo este mestre japonês, esta versão não deve ser aplicada a pessoas que recebem Reiki pela primeira vez e é indicada para quando existe encontros de Mestres de Reiki pelo fato da quantidade de energia aplicada ser bastante elevada.
O processo é semelhante ao Reiju Básico, variando a posição das mãos, que adaptam uma posição semelhante à Mudra Sha.
O Gendai Reiju Forte fortalece os nadis por onde entra a energia Reiki, equilibra os dois hemisférios do receptor, desenvolve-lhe o amor incondicional, a compaixão e a intuição e fortalece a sua ligação à Energia Universal.

4 - A CURA A DISTANCIA

A interferência ou cura de outra pessoa quando não solicitada é uma interferência nos compromissos Karmicos, uma invasão na privacidade e na vida cósmica de cada um. Devemos sempre obter a permissão de quem recebe o REIKI. Essa autorização pode ser solicitada mentalmente, através da conexão com o EU SUPERIOR da pessoa que irá receber a energia. Mas só nos casos em que estamos vinculados fortemente com a pessoa a ser tratada, como parentes e amigos.

A experiência mostra que quando enviamos cura a distancia para pessoas que estão passando pelo processo do desencarne, qualquer situação, não ou mal resolvida, entre nós e essa pessoa se resolverá.

A cura a distancia é de grande utilidade quando o contato direto pode ser doloroso, quando ha risco de contágio para o REIKIANO ou de infecção para o receptor; também nos animais quando estão violentos, ou o acesso seja muito difícil.

Na cura a distancia deve o REIKIANO sempre manter sua atenção e consciência na aplicação, observando o que ocorre. Isso é necessário porque na aplicação forma-se um Elo de ligação com a pessoa a quem se da a cura. Ocorre uma conexão com todos os níveis energéticos, irradiando-se a energia do 70 ao 10 nível.

É recomendável, que sempre que possível, seja combinada a hora mais adequada para a energização, pois algumas pessoas costumam ficar sonolentas e até dormirem, perderem reflexos e coordenação motora, sentirem calor, calafrios e pressão na cabeça, isso momentaneamente.

Um grupo de REIKIANOS irradiando energia simultaneamente, faz com que o REIKI se eleve potencialmente. Portanto, em grupo os resultados são sempre melhores.

O ideal, quanto ao ambiente para enviarmos energia a distancia, é que esse seja tranqüilo e não sejamos interrompidos.

Quanto a postura, não devemos cruzar pernas, nem qualquer parte de nosso corpo.

Importante é que se visualize o rosto e o nome de quem será energizado; se não conhecer a pessoa use uma foto para facilitar a visualização; se isso não for possível, use o nome completo e o endereço.

Podemos enviar REIKI a distancia a áreas de difícil acesso em nosso corpo, como a coluna. Para isso, devemos visualizar a área entre as nossas mãos.

O envio de energia a uma pessoa que esta no mesmo ambiente, porém do outro lado da sala já é considerado a distancia por estarmos fora de seu campo aurico. Nessa modalidade de cura, a energia primeiro atua no campo áurico, depois no físico.

No REIKI existem diversos métodos de cura a distancia, explicaremos os quatro mais conhecidos:

4.1 - TÉCNICA DA REDUÇÃO - Reduza, imaginariamente, o tamanho do Receptor, de forma a poder visualizá-lo entre suas mãos. Trace o símbolo 3, em seguida o 2, afirme 3 vezes que a pessoa esta entre suas mãos e, em seguida, trace o símbolo 1. Nesse momento, você terá realmente a pessoa entre suas mãos, então procure desenvolver sua sensibilidade para sentir isso.

4.2 - TÉCNICA DO SUBSTITUTO - Essa técnica enfatiza o corpo físico, e deve ser usada para tratar de um problema específico. Neste caso, usamos uma terceira pessoa, uma boneca, um animal de pelúcia ou similar, um travesseiro ou até nós mesmos como uma representação da pessoa receptora. Primeiramente, visualizamos sobre o Chakra Coronário o símbolo 3 ( Mantra 3 vezes), seguido do 2 ( Mantra 3 vezes ). Nesse ponto visualizamos e mentalizamos a pessoa e seu nome três vezes. Em seguida, traçamos o símbolo 1 ( mantra 3 vezes ).
Aplicamos o REIKI de forma tradicional na representação do receptor, direcionando a energia ao órgão afetado. Com igual intensidade, a energia atingirá a pessoa e a sua representação.

4.3 - TÉCNICA DA FOTO - Também podemos enviar REIKI a distancia através de uma foto da pessoa que ira receber o REIKI. Nesse caso, escreva o nome completo da pessoa, os símbolos 3, 2 e 1, nessa ordem, escrevendo ao lado os respectivos mantras 3 vezes. Em seguida, coloque a foto da pessoa a sua frente e irradie o REIKI ao receptor através da foto. Também, se preferir, irradie a energia segurando a foto entre as mãos.
Caso não tenha a foto, escreva o nome e endereço da pessoa e tente imaginar seu rosto na sua mente. Segue-se o procedimento acima.
Em grupo, vários REIKIANOS podem formar um círculo e colocar a foto ou o papel no centro para onde todos irradiarão o REIKI. Então essa energia será altamente potencializada.

4.4 - TÉCNICA DO JOELHO - Essa é a técnica em que tem sido encontrados os resultados mais efetivos. É usada em substituição ou complementação a aplicação presente. Enfatiza o corpo etérico, e como conseqüência desbloqueia os canais energéticos para a recepção das energias superiores. Devem ser seguidos os seguintes procedimentos:

  1. Escolha uma de suas pernas para a aplicação do REIKI a distancia. Esta será sempre a mesma para que exista a correspondência vibracional. A recomendação é que os destros comecem pela perna esquerda e, os canhotos, pela direita.
  2. Na perna escolhida o joelho corresponderá às 4 posições de cabeça, a coxa da mesma perna às 4 posições da frente do corpo e, a coxa da outra perna às 4 posições das costas mais as 2 posições dos pés. Todas as 14 posições tradicionais receberão energia através da correspondência desses 3 pontos.
  3. Coloque a mão não dominante em concha sobre o joelho escolhido, ficando a outra mão livre para traçar os símbolos.
  4. Trace o símbolo 3 ( mantra 3 vezes ), seguido do 2 ( mantra 3 vezes ). Nesse momento, afirme 3 vezes o nome da pessoa que irá receber o REIKI mentalizando seu rosto. Trace o símbolo 1 ( mantra 3 vezes ) e coloque a mão dominante ao lado da outra mão, sobre o joelho que estará correspondendo as posições de cabeça. Permanecemos irradiando energia por 5 minutos.
  5. Deslize suavemente as duas mãos para a coxa da mesma perna, permanecendo nessa posição por mais 5 minutos; atingindo dessa forma todas as posições da frente da pessoa receptora.
  6. Transfira uma mão de cada vez para a coxa da perna oposta, permanecendo assim por 5 minutos, dessa forma atingindo todas as posições das costas e dos pés da pessoa receptora.
    Após a aplicação, desconecte -se do campo áurico da pessoa lavando as mãos.

Caso você não conheça pessoalmente a pessoa para quem esta enviando o REIKI, não se esqueça de ter o cuidado de usar uma foto com o nome completo da pessoa, ou nome e endereço. mesmo que essa não se encontre em seu endereço, trabalhamos fora do tempo presente e logo ela receberá no ontem ou no amanhã.

5 - TÉCNICAS DE TRANSFORMAÇÃO

Nesse ponto, vale lembrar o que Jesus colocou conforme o capítulo 16, versículos 23 e 24 do Evangelho de São João: “Na-quele dia já não me perguntareis coisa alguma. Em verdade, em verdade vos digo, se pedires ao Pai alguma coisa em meu nome, Ele vo-lo dará. Até agora nada pediste em Meu Nome. Pedi e recebereis, para que seja completa vossa alegria.”
Precisamos pedir.
Ha varias formas de se pedir ao Cosmos: através de orações, fé religiosa, promessas, ofertas, e os objetivos serem atingidos. No REIKI, temos formas REIKIANAS de pedir, de interferir em sua vida em pelo menos 80% dos casos. Aqui colhemos o que plantamos. Grande parte dos acontecimentos podem ser alterados.

5.1 - A TÉCNICA DO CADERNO - Nessa forma, iremos escrever num caderno tudo que queremos curar, alterar, obter, fazer, concluir, realizar, conseguir, saber, compreender, nos libertar. Também colocaremos nesse caderno fotos, nomes e endereços das pessoas que amamos e as quais queremos transmitir energia a distancia.
Esse caderno é pessoal. Para pedir para outras pessoas use a técnica da caixa, explicada a seguir para pedir por pessoas com quem não tenha uma maior vinculação. Devemos apenas ter bastante cuidado com o que pedimos. Não podemos forçar a vontade de outra pessoa sem sua permissão. Se o fizermos, estaremos interferindo em seu livre arbítrio e gerando conseqüências Karmicas para nós e para nosso relacionamento com essa pessoa. O certo é pedirmos que aconteça o melhor para nós no assunto enfocado e deixar que os Senhores do Cosmo tragam o melhor para nós.

5.1.1 - ATIVAÇÃO DO CADERNO - Para que esse caderno funcione, deve ser ativado. Para tal, devem ser seguidos os procedimentos abaixo:

  1. Em primeiro lugar, devemos escolher um caderno que seja prático de manusear.
  2. Para facilitar seu manuseio, o caderno pode ser dividido em tomos,sendo cada um destinado a um assunto específico( saúde, finanças, assuntos profissionais... etc). Nesse caderno, podemos colar fotos de pessoas, animais, objetos,etc, para os quais que-remos direcionar o REIKI.
  3. Na contracapa devemos desenhar com grafite os símbolos 3, 2 e 1, nessa ordem, escrevendo ( com grafite ) ao seu lado seus respectivos mantras 3 vezes. Esse procedimento deve ser repetido na última contracapa. A seguir, colamos uma folha ou foto sobre os mesmos evitando que sejam copiados por uma pessoa não habilitada.
  4. Escreva, desenhe, cole, peça o que quiser sobre cada um dos assuntos. Faça aquilo que Jesus disse que deveríamos fazer, Não ha limitações. Quando escrever os pedidos, use grafite.
  5. Para ativar o caderno, coloque-o sobre a sua mão não dominante em forma de concha com os dedos unidos. Com a mão livre, com os dedos unidos e em concha desenhe os símbolos 3, 2 e 1, sobre a capa. Aplique 5 minutos de energia no caderno entre as mãos; repita a mesma operação sobre a outra capa.. O caderno estará ativado e energizado por 24 horas.

5.1.2 - MANUTENÇÃO DO CADERNO

  1. O caderno deve ser reenergizado a cada 24 horas, aproximadamente. Os símbolos ativarão o direcionamento da energia REIKI a todos os pedidos que estiverem no caderno. Os pedidos podem ser escritos em qualquer idioma, com ou sem erros ortográficos. O que importa é a energia direcionada pela intenção na hora em que escrevemos.
  2. A energização diária pode ser feita em apenas 5 minutos sobre um dos lados, sem necessidade de o virarmos como na ativação inicial.
    Obs. Se não conseguir realizar alguns de seus desejos, significa que alguma coisa deve ser mudada antes, para depois esse desejo se tornar realidade. A realização de um desejo será facilitada quando todos os aspectos envolvidos estiverem em harmonia com a energia do amor.

5.2 - A TÉCNICA DA CAIXA

Amando aos outros, indiscriminadamente, doando-nos, criamos uma energia de amor que talvez possa ser a mais poderosa do universo; observamos que aqueles que se utilizam dessa técnica, pedindo pelas outras pessoas, mais rapidamente obtém resultados em seu caderno pessoal.
Essa é uma técnica para ser usada essencialmente quando não temos dados suficientes sobre a pessoa a quem estamos direcionando a energia, para podermos executar as outras técnicas. Essa técnica é para ser usada na ajuda a pessoas das quais temos nomes incompletos, apelidos, endereços incompletos, indicações como “o amigo de fulano”, etc. Sua ênfase recai sobre os corpos extra sensorial e emocional superior. Com essa técnica ajudamos um grande número de pessoas com as quais não temos uma ligação maior.

5.2.1 - A ATIVAÇÃO DA CAIXA

  1. Escolha uma caixa de algum material que no futuro possa ser queimado facilmente.
  2. No fundo da Caixa, internamente, desenhe com grafite, os símbolos 3, 2 e 1, nessa ordem, escrevendo ao lado de cada um seu respectivo mantra ( com grafite) 3 vezes. Colocamos sobre os mesmos uma folha de papel para que não sejam visualizados por pessoas não iniciadas no nível II.
  3. Dentro da caixa colocamos pedidos diversos, de diversas pessoas, a quem desejamos direcionar a energia vital. Nessa caixa podem ser colocadas fotos, bilhetes, tecidos,etc.
  4. A ativação é feita em 5 minutos, conforme o caderno. A cada 24 horas devemos reenergizar a caixa por mais 5 minutos.

6 - RESPIRAÇÃO DOS CHAKRAS - VITALIZAÇÃO E EQUILÍBRIO

Devemos nos conscientizar que a respiração é o nosso elo de ligação com todas as coisas. Todas as pessoas, animais, plantas, respiram o mesmo Ar e você inala aquilo que eles exalam e vice-versa.
Mas não é só externamente que o ar nos liga a tudo. Em nosso interior o Ar estabelece um intercambio permanente entre nossas células e a energia universal, suprindo nosso corpo com Energia Vital.

6.1 - TÉCNICA DE RESPIRAÇÃO COM O CHOKU REI

  1. Sente-se numa posição confortável, com as costas eretas, olhos fechados e permaneça alguns minutos em silêncio sentindo o seu ritmo respiratório.
  2. Dirija sua atenção a respiração - inale e exale o Ar com calma e uniformemente pelo nariz, duas ou três vezes, seguindo a seguinte regra geral: Quando o Ar entra a barriga sai, quando o Ar sai, a barriga entra, de forma a aumentar sua receptividade de Prana.
  3. Visualize à sua frente o Choku Rei ( símbolo 1 ), na altura de seu Chakra básico e, ao inspirar sinta o Chakra participando do processo - respirando pelo Chakra - e que o símbolo é absorvido pelo Chakra básico. Nesse momento, observe a pulsação do símbolo nesse Chakra, sinta a expansão da energia.
  4. Ao expirar, visualize todas as emoções negativas sendo expelidas do seu corpo, do Chakra ( uma boa imagem das emoções negativas saindo é a de uma nuvem escura de fumaça).
  5. Visualize o Choku Rei pulsando no local, como um grande coração dourado.
  6. Repita essa operação com os outros 6 Chakras principais e, ao atingir o Coronário, ( no topo da cabeça ) , após expirar e sentir o Choku Rei Pulsando, visualize um imenso Choku Rei sobre sua cabeça, sinta-o apenas por alguns minutos, e depois visualize-o entrando pelo Chakra coronário e indo até a planta dos pés. Aí, o Choku Rei sai e é absorvido pela terra.
    IMPORTANTE: Quando estiver visualizado o Choku Rei você pode fazer afirmações positivas. de abertura e harmonização, três vezes, e assim estará intensificando seu processo de limpeza.

7 - CIRURGIA ESPIRITUAL TÉCNICA KAHUNA REIKI

As cirurgias espirituais serão aqui chamadas de Cirurgias Psíquicas, por entendermos ser esse nome mais apropriado. Nesse Nível, pelo volume de energia manipulado você consegue a matéria prima para a realização de curas admiráveis, através do Ectoplasma. Mesmo sendo realizadas sem cortes, ou qualquer outro tipo de agressão ao corpo físico ( sangue, anestesia, etc) suas curas são comprovadas por radiografias e outros exames. A técnica que aqui apresentamos foi desenvolvida pelo Mestre William Lee Rand em sua convivência com os Kahunas no Hawai. Pode ser aplicada em si próprio ou em outras pessoas. Baseia-se no fato de que as doenças, em geral, são criadas por barreiras energéticas ao fluxo normal de energia vital. Esses bloqueios são criados por pensamentos e emoções oriundas de desarmonias. Esses bloqueios, muitas vezes, adquirem forma definida e se alojam nos órgãos, em volta destes, nos Chakras ou na Aura. Podem causar problemas não só de saúde física, mas diversas desordens em campos variados da vida. Quando removidos, a Energia Vital retoma seu fluxo normal e a dificuldade é sanada, sendo restabelecida a Qualidade de Vida. Esse é um tratamento complementar, em hipótese alguma substituindo o tratamento médico, devendo ser aplicado em conjunto com esse.

7.1 - SEQÜÊNCIA DA CIRURGIA

  1. Inicialmente, devemos perguntar ao cliente se deseja ser curado, assim, respeitando a lei cósmica do livre arbítrio;
  2. Após a resposta positiva do cliente, identificamos o motivo da cirurgia, em que parte do corpo físico esta o problema, a fim de localizar o bloqueio. Geralmente, o cliente sente tensão, dor ou alguma outra manifestação diferente quando pensa no assunto;
  3. Peça ao cliente para dar uma forma e uma cor ao bloqueio que será removido ( cubo, esfera, pirâmide, bola, etc ).
  4. Nesse ponto, o cliente poderá estar de pé, sentado ou deitado. Desenhe o Dai Koo Mio nas palmas das suas duas mãos e bata palmas 3 vezes, repetindo oral ou mentalmente seu Mantra, três vezes. Faça o mesmo com o Choku Rei;
  5. Trace o ChoKu Rei em frente ao seu corpo. Depois, novamente, para cada um dos 7 Chakras iniciando pelo Básico, e indo até o Coronário (de baixo para cima ), selando seu corpo, gerando defesa e proteção psíquica. Não esquecer de repetir o Mantra três vezes para cada Chakra.
  6. Nesse ponto, alongue o Ectoplasma que envolve seus dedos. Para isso, agarre seus dedos com uma das mãos, um de cada vez, imaginando-os compostos de uma substancia maleável. Eles serão esticados a uma distância de aproximadamente 25 a 30 cm. Ao esticá-los, expire pela boca, fazendo ruído audível. Faça isto em ambas as mãos. Mexa suas mãos de modo a sentir os dedos esticados e a força energética contida nos mesmos. Esse serão seus bisturis energéticos.
  7. Mantenha todo o tempo uma INTENÇÃO de Cura, uma postura otimista, confiante, definida e clara;
  8. Faça uma oração dirigida a Deus, em voz alta ou mentalmente para você. Peça a Deus, aos Anjos e Arcanjos, aos Mestres de REIKI e da Luz Curadora, para auxiliarem no processo de Cura e que essa, ocorra com Amor e Sabedoria Divina;
  9. De pé, numa posição de vigor e determinação, utilizando seus dedos energéticos alongados, seu bisturi, encontre, agarre o bloqueio, puxando-o para fora do campo áurico do cliente e remetendo-o em pedaços ao Cosmos;
  10. Quando retirar a Energia Nociva, inspire vigorosamente, com sons audíveis. Ao liberar essa energia nociva, expire vigorosamente, também com sons audíveis. A fim de evitar e prevenir contaminações imagine-se inspirando a energia nociva até as mãos, e nunca até aos pulmões. Essa energia nociva deve ficar restrita aos dedos energéticos alongados e não ao nosso corpo;
  11. Repita esse procedimento pelo menos 5 vezes, durante um a três minutos, retirando o bloqueio por ângulos diferentes. Use sua intuição, tente sentir e participar do que esta havendo.
  12. Nesse ponto, pergunte ao cliente se sente alguma alteração. Caso ainda persista o bloqueio, repita o processo até que o cliente sinta que a forma ( bloqueio ) se foi completamente. Quando isso acontecer, o objetivo terá sido alcançado e ambos ganharam.
  13. Terminada a operação, aplique REIKI no local operado, cauterizando a AURA onde estava localizado o bloqueio, enchendo-a de Luz;
  14. Afaste-se, rompa a interação Áurica entre vocês fazendo um corte, como uma golpe de karate. Retraia os dedos energéticos alongados, um por vez, fazendo sopros Audíveis;
  15. Faça outras sessões de Cirurgia se os sintomas não desaparecerem totalmente.

CONSIDERAÇÕES - Por vezes, o bloqueio pode estar sendo alimentado por sentimentos ou emoções negativas do cliente, como: raiva, sentimento de culpa, ciúmes, inveja, mágoa permanente, entre outras. Oriente o cliente ao melhor caminho a tomar, a fim de transmutar a energia gerada por sua forma de agir ou pensar. Também peça para mentalizar a emoção geradora das energias nocivas e o trate com REIKI usando os símbolos 4, 3, 2 e 1, nessa ordem. Tenha consciência de que o cliente poderá sentir fraqueza, dores de cabeça e outros incômodos por causa do ajuste do corpo físico ao processo de limpeza. Então, recomende que tome muita água, coma frutas e verduras, fibras, repouse mais e, se possível, ervas laxantes, bem como tudo que possa ajudar na limpeza interna. Essa é uma técnica poderosa, portanto use-a.

8 - REIKI UNDO

A palavra japonesa Undo que dizer "exercício".

  1. Procure um lugar espaçoso, onde não seja importunado por cerca de 30 minutos.
  2. Inicie com a Gassho e repita na sua mente "vou iniciar o exercício de Reiki". Inspire profundamente e quando expirar expulse completamente o ar.
  3. Se estiver a praticar este exercício com um parceiro, toque nos seus ombros por trás, permitindo que o seu corpo se mova na direção que pretender.
  4. Inspire profundamente e quando expirar expulse completamente o ar. Após alguns movimentos respiratórios, o seu corpo começar-se-á a mover. Se o movimento não começar facilmente, seja cliente. Não provoque o movimento. Continue a praticar este exercício diariamente durante pelo menos 3 meses.

Esta técnica pode ser praticada em grupo. Desta forma, os participantes sentam-se no chão fazendo um comboio. Cada participante coloca as mãos nos ombros do parceiro que se encontra à sua frente.

O Reiki Undo é utilizado um pouco por todo o mundo, e em muitas culturas distintas. Na China, é chamada como parte do treino Qi Gong, na Indonésia, faz parte as práticas de Subud, é conhecida como Latuhan.

9 - GENETSU-HO

Técnica para descer a temperatura. A palavra japonesa Netsu significa "febre" e a palavra Ge quer dizer "fazer baixar".

Deixe fluir Reiki para as seguintes posições:

  1. Cabeça - frontal
  2. Cabeça - parietal
  3. Cabeça - occipital
  4. Pescoço - trás
  5. Garganta
  6. Cabeça - coroa
  7. Estômago
  8. Intestinos

Permaneça durante cerca de 30 minutos no total das posições 1), 2), 3), 4), 5) e 6). Nas posições 7) e 8), permaneça durante 10 a 15 minutos. Esta técnica era utilizada pelo Dr. Usui para tratar qualquer doença relacionada com a cabeça.

10 - HANSHIN KOKETSU-HO

Técnica de Ativação da Circulação Sanguínea. A palavra japonesa Hanshin significa "meio corpo" e apalavra Koketsu quer dizer "circulação sanguínea".

  1. Comece, pedindo à pessoa para ficar de pé, com as costas voltadas para si e os joelhos levemente dobrados.
  2. Equilibre a pessoa colocando a sua mão esquerda sobre o ombro dela.
  3. Desça a sua mão direita na diagonal, desde o ombro direito da pessoa até ao lado esquerdo da zona inferior das costas.
  4. Faça o mesmo movimento, com a mesma mão, desde o ombro esquerdo da pessoa até ao lado direito da zona inferior das costas. Faça, na totalidade, este movimento de alisamento 16 vezes (8 em cada direção)
  5. Em cada movimento descendente da mão, sustenha a respiração.
  6. Use os seus dedos médios e indicador para passar pela espinha da pessoa, no sentido descendente, durante 10 vezes. Passe os dedos desde a vértebra (a vértebra proeminente quando se inclina a cabeça para frente) até a terceira vértebra lombar. Aplique alguma pressão sempre que chegar à terceira vértebra, empurrando nesse ponto e ligeiramente para baixo.
  7. Por fim, passe ambas as palmas das suas mãos, gentilmente durante 12 vezes, desde o centro da coluna da pessoa até a zona lateral do tronco.

Este técnica é utilizada para enraizar uma pessoa após um tratamento. É também útil no trabalho com doentes que sofram de distúrbios mentais.

11 - QUANDO VOCÊ INICIA O SEU DIA

Faça o símbolo 1 nos seguintes lugares: peito dos pés, abdômen, ambas as mãos, mande energia para o hara e imagine a energia nas plantas de sua mão. Imagine uma luz branca acima, abaixo e aos lados de você, que o protege, envolva-se nesta luz branca. Sempre que estiver cansado repita trocando a luz de branca para dourada.

12 - NEUTRALIZAR ENERGIAS

Use o símbolo 1 em comidas, bebidas, dinheiro. Dificuldade de concentração faça o símbolo 1 e agradeça a Deus pela sua concentração ter melhorado.

13 - MÁ MEMÓRIA, KARMA, TRAUMAS

Mãos na nuca imagine-as cheia de má memória (traumas, karma), símbolo 3, 2, e 1 diga: obrigado Deus, má memória se foi. Repita por 15 minutos. Faça novamente os símbolos e peça a Deus que os resultados se manifestem a você. (símbolo 3 vai a situação, símbolo 2 cobre-a de amor e paz, símbolo 1 transmuta)

14 - OBSESSORES

Devemos inicialmente entender que esses são espíritos entediados que não acreditam na pós-vida e permanecem nessa dimensão acreditando que aqui ainda permanecem:

  1. Inicialmente devemos fazer a meditação Gassho com as mãos em posição de prece, polegares em frente ao nosso coração.
  2. Ao sentirmos a energia do Reiki fluir, levamos nossas mãos em posição de prece para a frente de nosso 3º olho, usando o símbolo da distancia para nos contatarmos ( sempre repetindo seu Mantra 3 vezes ), depois o 2º símbolo. Peça então ajuda dos seres iluminados, Jesus, Buda, São Miguel ou outro de sua prefe-rencia. Envie Reiki ao espírito que deve seguir para sua dimensão correta. Continue meditando por alguns minutos e ore novamente, pedindo para levar o Espírito a Luz.
  3. Trace o Símbolo de poder do Reiki selando o envio a cerimônia. O Ser superior leva o espírito ao outro plano. Obs: Nesse caso, o REIKI fortaleceu a oração.

15 - SEISHIN TOITSU (para concentração da mente)

  1. Dirija sua consciência para o Tanden e concentre sua mente;
  2. Inspire profundamente visualizando a energia Reiki entrando pelas pontas de seus dedos de ambas as mãos dirigindo-se para seu Tanden;
  3. Expire visualizando a energia Reiki subindo do Tanden até as pontas de seus dedos para fora, vigorosamente;
  4. Continue fazendo até que você se sinta como se estivesse respirando pelas palmas de suas mãos.

16 - MÉTODO DO DEDO

O método do dedo é outro método de usar uma representação da pessoa para enviar Reiki à distândia. É útil se você tem somente uma mão livre ou está em um local onde deseja enviar Reiki mas não quer chamar a atenção para si. Basicamente, este procedimento usa um dos dedos de uma das mãos para representar uma pessoa ou situação para a qual você deseja enviar cura Reiki à distância. Coloque os dedos da outra mão em volta do dedo que está utilizando como representação. Intencione que você está mandando Reiki à distância para a pessoa ou situação. você pode dizer isso em voz alta ou como você quiser. Conforme estiver fazendo Reiki no seu dedo, estará fazendo reiki na outra pessoa.

17 - A TÉCNICA DO ENVIO DE RAIOS (BEAMING)

Existem duas técnicas diferentes de enviar raios. São elas: à distância e quando envia para a pessoa no seu local (isto é, você pode vê-la).

Para fazer o envio de raios à distância, desenhe os três símbolos no ar. Diga o nome da pessoa que você deseja tratar quaisquer outros detalhes dela que você necessite para sentir-se conectado. Junte as duas mãos na altura do peito, com as mãos voltadas para fora de você. então, simplesmente envie Reiki. Você sentirá ele fluir através de suas mãos. Conforme você enviar, a pessoa estará recebendo o tratamento Reiki.

Um envio para uma pessoa em seu local é Reiki à distância, mas feito quando você está com a pessoa. É algo que você pode fazer quando quer enviar Reiki à alguém que está na sua linha visual. Isto é útil quando pessoas com problemas de toque ou pessoas onde é desapropriado tocar como vítimas de queimaduras ou aqueles com doenças infecciosas. Para fazer o envio de raios, estenda as palmas em direção a pessoa e use o símbolo/palavra para o tratamento à distância. A diferença entre este tratamento à distância é que você pode ver a pessoa. (Pode ser notado que todos os Canais Johrei usam o envio de raios para enviar esta energia). Você pode emitir os raios pelo corpo, projetando cada célula. Você também pode emitir raios pelos olhos ou qualquer parte que desejar.

18 - TÉCNICA DO GIRO

(Meditação Sutil de Ativação de Kundalini)

A técnica do giro tem por objetivo, além de elevar a Kundalini, a interiorização, ou seja, o estabelecimento de um contato profundo com o nosso Eu. Para fazê-la, siga os seguintes passos:

  1. Num local tranqüilo, onde você esteja sozinho, acenda um incenso e coloque uma música suave (pode ser clássica, instrumento oriental, como ragas indianas e ritmos afins ou New Age).
  2. Sente-se com a coluna ereta, as pernas cruzadas à frente do corpo, os ombros relaxados, o rosto sem contrações e os olhos fechados.
  3. Procure manter a respiração pausada e silenciosa, aspirando e expirando pelas narinas.
  4. Inicie um giro com a parte superior do corpo e deixe seus pensamentos fluírem livremente.
  5. Aos poucos, sinta que seus pensamentos se dissipam, que todas as coisas que existem à sua volta se dissolvem como se não existissem e procure sentir apenas a sua presença e a da música. Solte-se. Entregue-se a existência.
  6. Continue o giro pelo tempo que julgar conveniente, não ultrapassando trinta minutos no total, para não haver tonturas.
  7. Assim que terminar, evite partir imediatamente para alguma atividade que exija desperdício de energia. Lugares agitados, trânsito intenso e ambientes onde possam ocorrer discussões
         
2005 - Reiki - Site confeccionado com materiais disponibilizados na internet Design by Eduardo Fonseca