Reiki


 Medicina Tradicional - Indiana - Corpos Sutis/Chakras
Chacras ou xacras, também conhecidos pela grafia chakras segundo a filosofia iogue, centros energéticos dentro do corpo humano, que distribuem a energia (prana) através de canais (nadis) que nutre órgãos e sistemas.

A palavra chakra vem do sânscrito e significa "roda", "disco", "centro" ou "plexo". Nesta forma eles são percebidos por clarividentes como vórtices (redemoinhos) de energia vital, espirais girando em alta velocidade, vibrando em pontos vitais de nosso corpo. Os chakras são pontos de interseção entre vários planos e através deles nosso corpo etérico se manifesta mais intensamente no corpo físico.

Os Vedas (denominam-se Vedas ou Vêdas as quatro obras, compostas em um idioma chamado vêdico, de onde se originou posteriormente o sânscrito clássico) contêm os mais antigos registros sobre chakras de que se tem notícia. Quando foram escritos, o Yoga já sistematizava o conhecimento e o trabalho energético dos chakras.

São sete os principais chakras, dispostos desde a base da coluna vertebral até o alto da cabeça e cada um corresponde à uma das sete principais glândulas do corpo humano. Cada um destes chakras está em estreita correspondência com certas funções físicas, mentais, vitais ou espirituais. Num corpo saudável, todos esses vórtices giram a uma grande velocidade, permitindo que a "prana", flua para cima por intermédio do sistema endócrino. Mas se um desses centros começa a diminuir a velocidade de rotação, o fluxo de energia fica inibido ou bloqueado - e disso resulta o envelhecimento ou a doença.

Os chakras são conectados entre si por uma espécie de tubo etérico (Nadi) principal chamado "Sushumna", ao longo do eixo central do corpo humano, por onde dois outros canais alternados "Ida" que sai da base da espinha dorsal à esquerda de Sushumna e "Pingala" à direita (na mulher estão invertidas estas posições).

Os Nadis conduzem e regulam o "Prana" (energia vital universal que permeia o cosmo, absorvida pelos os seres vivos) em espirais concêntricas. Estes Nadis são os principais, entre milhares, que percorrem todo o corpo em todas as direções, linhas meridianos e pontos. Para os hindus os Nadis são sagrados, é por meio da "Sushumna" que o yogi deixa o seu corpo físico, entra em contato com os planos superiores e traz para o seu cérebro físico a memória de suas experiências.

Fontes históricas citam uma quantidade de 88.000 chakras e 350.000 nadis no corpo humano. Isso significa, que todas as partes do corpo contêm estes "órgãos sensíveis", para receber, manipular e transportar a energia vital (Prana).
Fonte: pt.wikipedia.org

Chakras

Primeiro Chakra - MULADHARA (Chacra Básico)
Significado do Nome: "Base e fundamento"; "Suporte"
Localização: Região do períneo. Localizado nos órgãos genitais e na pélvis. Base da Espinha. Abre para baixo.
Aspectos a serem compreendidos: Sobrevivência, alimento, conhecimento, auto-realização, valores (segurança financeira), sexo (procriação), longevidade e prazer.
Desequilíbrio no Físico: Anemias, resfriados, sexualidade reprimida ou excessiva, frigidez, impotência, insuficiência renal, fadiga, dores nas articulações, dores lombares e nas pernas, pressão alta ou baixa, problemas de coluna, osteoporose, falta de energia, prisão de ventre, diarréia, colite, apendicite, etc.
Qualidades Positivas: Coragem, Estabilidade. Individualidade, Paciência, Saúde, Sucesso e Segurança.
Qualidades Negativas: Insegurança, Raiva, Tensão e Violência.
Elemento (tattwa): Terra.
Pétalas: 4.
Funções: Traz vitalidade para o corpo físico. Estímulo direto da energia no corpo e na circulação do sangue.
Sistema: Sistema Fisiológico: Geniturinário - Sistema Endócrino: Suprarenais.
Plexo Nervoso: Sacro-coccígieo.
Cor: Vermelho.
Bija-Mantra: LAM.
Segundo Chakra - SVADHISHTHANA (Chacra Sexual)
Significado do Nome: Lugar-Morada do Ser ou o "Fundamento de si próprio".
Localização: Fica entre o púbis e o umbigo, ao nível da 1ª vértebra lombar.
Aspectos a serem compreendidos: Poder de seduzir criatividade e relacionamento.
Desequilíbrio no Físico: Desarmonia dos rins, fígado, pâncreas, vesícula e bexiga. Alergias alimentares, problemas menstruais, distúrbios gástricos e intestinais, perda da vitalidade, dores lombares, no sacro e cóccix.
Qualidades Positivas: Assimilação de novas ideias, Dar e Receber, Desejo, Emoções, Mudanças, Prazer, Saúde e Tolerância.
Qualidades Negativas: Confusão, Ciúme, Impotência, Problemas da bexiga e Problemas Sexuais.
Elemento (tattwa): Água.
Pétalas: 6.
Funções: Força e vitalidade física. Energização dos órgãos sexuais.
Sistema: Sistema Fisiológico: Reprodutivo - Sistema Endócrino: Gônadas, testículos ou ovários.
Plexo Nervoso: Sacro.
Alimentos que estimulam o chakra: Abóbora, cenoura, milho, laranja, manga, caqui.
Cor: Laranja.
Bija-Mantra: VAM.
Terceiro Chakra - MANIPURA (Chacra Umbilical)
Significado do Nome: Cidade das Gemas/Jóias ou Cidade das pedras preciosas.
Localização: Localizado um pouco acima do umbigo.
Aspectos a serem compreendidos: Escolhas do que você quer. Individualidade e poder pessoal (como você se vê), sua identidade no mundo.
Desequilíbrio no Físico: Má digestão, diabetes, toxinas, úlceras e hérnias, gastrites e problemas de assimilação dos alimentos. Hipocondria, câncer no intestino e anorexia ou bulimia.
Qualidades Positivas: Auto controle, Autoridade, Energia, Humor, Imortalidade, Poder pessoal e Transformação.
Qualidades Negativas: Medo, Ódio, Problemas digestivos e Raiva.
Elemento (tattwa): Fogo.
Pétalas: 10.
Funções: Centro de força abdominal, responsável pela energização do sistema digestivo. É considerado o chacra das emoções inferiores.
Sistema: Sistema Fisiológico: Digestivo - Sistema Endócrino: Pâncreas.
Plexo Nervoso: Solar.
Alimentos que estimulam: Manteiga, gema do ovo, cenoura, batata doce, abóbora, banana, abacaxi, melão, pêssego, limão.
Cor: Amarelo.
Bija-Mantra: RAM.
Quarto Chakra - ANAHATA (Chacra Cardíaco)
Significado do Nome: "Intocado" ou "o inviolável", ou "invicto" ou "O Som não produzido" (batidas do coração).
Localização: Coração.
Aspectos a serem compreendidos: Amor incondicional, compaixão, perdão, verdade e gratidão.
Desequilíbrio no Físico: Doenças cardíacas, distúrbios de pressão, circulação, problemas pulmonares e bronquites. Sistema imunológico ineficiente e dor de cabeça.
Qualidades Positivas: Amor incondicional, Compaixão, Equilíbrio, Harmonia e Paz.
Qualidades Negativas: Desequilíbrio, Instabilidade emocional, Problemas de coração e circulação.
Elemento (tattwa): Ar.
Pétalas: 12.
Funções: Intermedia os chakras superiores e inferiores. É o centro de força responsável pela energização do sistema cardiorrespiratório. Canal de movimentação dos sentimentos.
Sistema: Sistema Fisiológico: Circulatório - Sistema Endócrino: Timo.
Plexo Nervoso: Plexo Cardíaco.
Alimentos que estimulam: Frutas e verduras verdes (abacate, kiwi, maçã verde, uva, agrião, alface, escarola, brócolis).
Cor: Verde.
Bija-Mantra: YAM.
Quinto Chakra - VISHUDDHI (Chacra Laríngeo)
Significado do Nome: Puro ou "Centro da Pureza".
Localização: Na garganta em cima da glândula Tireóide.
Aspectos a serem compreendidos: Comunicação interna e externa - esclarecimento que conduz ao estado de consciência.
Desequilíbrio no Físico: Laringite, faringite, problemas de tiróide e paratiróide, doenças mentais, depressão, distúrbios da fala, gagueira e surdez.
Qualidades Positivas: Comunicação, Criatividade, Conhecimento, Honestidade, Integração, Lealdade e Paz.
Qualidades Negativas: Depressão, Ignorância e Problemas na comunicação.
Elemento (tattwa): Éter.
Pétalas: 16.
Funções: É o responsável pela energização da boca, garganta e órgãos respiratórios. É o chacra responsável pela expressão criativa e comunicação.
Sistema: Sistema Fisiológico: Respiratório - Sistema Endócrino: Tireóide e Paratireóide.
Plexo Nervoso: Gânglios Cervicais Medula.
Alimentos que estimulam: Ameixa preta, uva passa, amoras, peixes, aspargos, batatas.
Cor: Azul claro.
Bija-Mantra: HAM.
Sexto Chakra - AJNA (Chacra Frontal)
Significado do Nome: Autoridade, poder, comando intuitivo ou o centro de comando.
Localização: Na testa, entre as sobrancelhas.
Aspectos a serem compreendidos: Intuição (fenômenos paranormais) e a consciência. Capacidade de se observar sem julgamento.
Desequilíbrio no Físico: Rinites, problemas de ouvido, de olhos, surdez, tontura, enxaqueca. Cansaço e confusão mental.
Qualidades Positivas: Concentração, Devoção, Intuição, Imaginação, Realização da alma e Sabedoria.
Qualidades Negativas: Dores de cabeça, Medo, Problema nos olhos, Pesadelos e Tensão.
Elemento (tattwa): Todos.
Pétalas: 2.
Funções: Revitaliza sistema nervoso e a visão.
Sistema: Sistema Fisiológico: Sistema Nervoso Autônomo - Sistema Endócrino: Hipófise – pituitária.
Plexo Nervoso: Hipotálamo.
Alimentos que estimulam: Berinjela, beterraba, ameixa preta.
Cor: Azul Índigo; Branco.
Bija-Mantra: OM.
Sétimo Chakra - SAHASHARA (Chacra da Coroa ou Coronário)
Significado do Nome: O Lótus das mil pétalas.
Localização: No topo da cabeça, bem no centro.
Aspectos a serem compreendidos: Iluminação.
Desequilíbrio no Físico: Depressão.
Qualidades Positivas: Percepção além do tempo e do espaço. Abre a consciência para o infinito.
Qualidades Negativas: Alienação, Confusão e Falta de Inspiração.
Elemento (tattwa): Todos.
Pétalas: 1000.
Funções: Iluminação; espiritualidade plena; transcendência; manifestação do Divino. Revitaliza o cérebro.
Sistema: Sistema Fisiológico: SNC Controle Central - Sistema Endócrino: Glândula pineal - epífise.
Plexo Nervoso: Córtex Cerebral.
Cor: Violeta e Branco.
Bija-Mantra: OM.

De acordo com as filosofias Sámkhya e Vedanta o ser humano é constituído por três corpos aonde os mesmos se interagem constantemente. São eles: o corpo físico (sthúla sharíra), o corpo sutil (súkshma sharíra) e o corpo causal (karana sharíra).

Sthúla Sharíra (corpo físico) - Corresponde à matéria densa, é carne e osso, tecidos, células, moléculas e átomos. No corpo físico estão presentes os cinco elementos (pañcha tattvas), que são: fogo (agni), terra (prithivi), água (apas), ar (váyu) e éter (prána).

Súkshma Sharíra (corpo sutil) - Corresponde à matéria sutil, nossos campos energéticos. São cinco camadas ou campos que constituem o corpo sutil, essas camadas ou campos são chamadas de koshas. Estes koshas são annamaya, pranamaya, manomaya, vijnanamaya e anandamaya.

Karana Sharíra (corpo causal) - Corresponde à alma individual, o átman.

Corpo Sutil
Corpo Sutil